Grupo Missionário de Crianças e Juniores


 Jeane da Silva Almeida
Presidente do GMC e GMJr







1. O que é GMC e GMJr?

O Grupo Missionário de Crianças - GMC - é um órgão da administração direta da igreja local, organizado de acordo com a faixa etária de seus participantes, que são crianças de 5 a 9 anos.

O Grupo Missionário de Juniores - GMJr - é um órgão da administração direta da igreja local, organizado de acordo com a faixa etária de seus participantes, que são juniores ou pré-adolescentes de 10 a 12 anos.

2. Objetivos

2.1- Grupo Missionário de Crianças

Envolver e treinar crianças de 5 anos completos até completarem 10 anos no (a):
• Serviço cristão através de evangelismo pessoal, em massa e visitas a orfanatos;
• Trabalho missionário através de conferências missionárias, intercessão e contribuição;
• Participação através de ministério de cultos infantis e encaminhamento aos cultos da igreja;
• Civismo através de comemoração de datas cívicas.
Proporcionar às crianças comunhão, edificação e encontro pessoal com Cristo através de:
• Acampamentos;
• Encontros regionais;
• Escola Bíblica de Férias;
• Festivais de música;
• Campanhas evangelísticas, de oração, de aniversário e campanhas infantis paralelas às campanhas da igreja.
Essas atividades podem ser promovidas em cooperação com a Escola Bíblica Quadrangular. O envolvimento e a participação despertam vocações, formam caráter de servo e criam condições para o trabalho a Deus, no presente e no futuro
.
2.1- Grupo Missionário de Juniores

Canalizar a atenção, a energia e a capacidade de trabalho do indivíduo de 10 anos completos até que complete 13 anos para o reino de Deus.

3. Diretoria

3.1- Grupo Missionário de Crianças

A diretoria do GMC se compõe de: diretor (a) (adulto), presidente (mirim), vice-presidente (mirim), secretário (a) (adulto e mirim) e tesoureiro (a) (adulto e mirim). Sugere-se que exista uma assessoria de adultos para acompanhar e treinar a diretoria mirim.

3.1.1 - Diretor (a)

O pastor titular nomeia, anualmente, com aprovação do CDL e homologação da assembléia geral da igreja, o (a) diretor (a) do GMC. Deve ter, no mínimo, 18 anos de idade.
O (A) diretor (a) do GMC é dele responsável e orientador (a), devendo estar em todas as atividades e reuniões. Tem a finalidade de cuidar e orientar a direção do Grupo, exercendo as funções de conselheiro (a), dirigindo, inclusive, a reunião para escolha da diretoria que deve ser adulta e mirim, conforme o Regimento Interno da IEQ.
Dentre suas responsabilidades estão:
• Nomear a diretoria infantil e a assessoria;
• Planejar, junto à assessoria e a diretoria mirim, o ano de trabalho de acordo com as orientações da coordenadoria nacional;
• Selecionar e treinar, junto à assessoria, a equipe de orientadores;
• Organizar e dirigir as reuniões e eventos do GMC local, supervisionando a equipe de orientadores;
• Atender as convocações das coordenadorias regional, estadual e nacional, tais como congressos e encontros, acampamentos, festivais regionais e reuniões;
• Mensalmente, enviar à coordenadoria regional 10% da arrecadação do GMC.
O mandato do (a) diretor (a) é de um ano, podendo ser confirmado por mais ou menos 2 anos, porém, nunca além de 3 mandatos consecutivos. O CDL poderá determinar sua substituição e a do (a) presidente a seu critério.

3.1.2 - Presidente

É um cargo da diretoria mirim.

3.1.3 - Vice-Presidente

Substitui o (a) presidente quando necessário.

3.1.4 - Secretário (a) Adulto (a)

Dentre suas responsabilidades estão:
• Lavrar as atas das reuniões da diretoria do GMC;
• Preencher as carteirinhas de sócios do GMC;
• Elaborar o relatório semestral para o CDL e coordenadoria nacional;
• Coletar os dados para o relatório em cada atividade do GMC;
• Zelar pelo material didático do GMC.

3.1.5 - Secretário (a) Mirim

Dentre suas responsabilidades estão:
• Acompanhar o (a) secretário (a) em seu trabalho;
• Preencher as fichas provisórias dos sócios;
• Entregar as carteirinhas;
• Lavrar as atas de reuniões da diretoria mirim.

3.1.6 - Tesoureiro (a) Adulto (a)

É responsável pelo movimento financeiro do GMC. Dentre suas responsabilidades estão:
• Registrar o movimento financeiro (receita e despesas), doações, cobrança de mensalidades, etc;
• Preparar o relatório financeiro.

3.1.7 - Tesoureiro (a) Mirim

Dentre suas responsabilidades estão:
• Acompanhar o (a) tesoureiro (a) em seu trabalho;
• Cobrar as mensalidades;
• Contar as ofertas.
A existência da diretoria mirim não é mera formalidade. É uma oportunidade para alcançar o objetivo do GMC: envolver e treinar a criança no serviço cristão. Para que isso aconteça, não deve ser tolhida sua liberdade de agir, pelo contrário, deve-se delegar cada vez mais funções, conforme seu amadurecimento for percebido.
O GMC deve ter um livro ata para as reuniões da diretoria que fica a cargo do (a) secretário (a) e também o da tesouraria para o registro mensal de seu movimento financeiro.


3.2 - Grupo Missionário de Juniores

A diretoria do GMJr se compõe de: presidente, vice-presidente, secretário (a) e tesoureiro (a). A cada cargo da diretoria deve corresponder um cargo da assessoria formada por sócios do Grupo que assim estarão sendo treinados.
O CDL nomeia, anualmente, um conselheiro com habilidades peculiares para acompanhar as atividades do GMJr.

3.2.1 - Presidente 

O pastor titular nomeia, anualmente, com aprovação do CDL e homologação da assembléia geral da igreja, o (a) presidente do GMJr. Deve ter, no mínimo, 18 anos de idade.
O (A) presidente do GMJr é dele responsável e orientador (a), devendo estar em todas as atividades e reuniões. Tem a finalidade de cuidar e orientar a direção do Grupo, exercendo as funções de conselheiro (a), dirigindo, inclusive, a reunião para escolha da diretoria que deve ser adulta e mirim, conforme o Regimento Interno da IEQ.
Dentre suas responsabilidades estão:
• Nomear a diretoria;
• Realizar reuniões periódicas com a diretoria para avaliar o trabalho realizado;
• Planejar, junto à diretoria, o ano de trabalho de acordo com as orientações da coordenadoria nacional;
• Inteirar-se dos planos das coordenadorias regional e estadual;
• Organizar e supervisionar reuniões e eventos, dando oportunidades de trabalho para as equipes e sócios;
• Receber e avaliar os relatórios;
• Manter contatos com outras igrejas para futuros intercâmbios;
• Ter bom relacionamento com outros presidentes do GMJr;
• Definir tarefas para cada membro da diretoria;
• Proporcionar um ambiente agradável para os membros e diretoria do Grupo;
• Acompanhar o trabalho realizado por todos os cargos da diretoria, observando o bom andamento de cada um, com auxílio do (a) vice-presidente;
• Ter um bom relacionamento com os familiares dos juniores;
• Realizar visitas;
• Promover a união dos membros do Grupo;
• Atender as convocações das coordenadorias regional, estadual e nacional, tais como congressos, encontros, acampamentos, festivais regionais e reuniões;
• Mensalmente, prestar relatórios à coordenadoria regional;
• Mensalmente, enviar à coordenadoria regional 10% da arrecadação do GMJr;
• Manter o pastor informado sobre as atividades do Grupo. Inclusive, solicitar espaço para que possa apresentar os juniores nos cultos e realizar campanhas.
O mandato do (a) diretor (a) é de um ano, podendo ser confirmado por mais ou menos 2 anos, porém, nunca além de 3 mandatos consecutivos. O CDL poderá determinar sua substituição a seu critério.

3.2.2 - Vice-Presidente

Ao (À) vice-presidente compete:
• Substituir o (a) presidente em seus impedimentos;
• Cooperar com o (a) presidente, participando das reuniões do GMJr;
• Representar o (a) presidente quando solicitado, desempenhando as demais tarefas atribuídas a seu cargo e o que lhe for confiado.

3.2.3 - Secretário (a)

Ao (À) Secretário (a) compete:
• Lavrar as atas das reuniões da diretoria do GMJr;
• Elaborar o relatório semestral para a coordenadoria regional;
• Coletar os dados para relatório em cada atividade do GMJr;
• Manter o cadastro atualizado dos sócios;
• Manter controle das freqüências;
• Adquirir, organizar e zelar pelos materiais do GMJr, tais como: livros, pastas, roupas de teatro e coreografia, etc;
• Preencher as carteirinhas dos sócios;
• Ter sempre à mão o planejamento do Grupo;
• Organizar arquivo de relatórios;
• Entregar à equipe de relações públicas a listagem dos aniversariantes.

3.2.4 - Tesoureiro (a)

Ao (À) tesoureiro(a) compete:
• Registrar o movimento financeiro do GMJr;
• Cobrar mensalidades estipuladas pela diretoria do GMJr;
• Fornecer recibos;
• Promover eventos para arrecadar fundos para o GMJr.
O GMJr deve ter um livro ata para as reuniões da diretoria que fica a cargo do secretário (a) e também o da tesouraria para o registro mensal de seu movimento financeiro.

4 - Sócios

Os sócios do GMC são crianças de 5 a 9 anos e os associados do GMJr compreendem a faixa etária de 10 a 13 anos completos.

5 - Departamentos

5.1 - Grupo Missionário de Crianças

O GMC não tem, em sua estrutura, departamentos. Para o desenvolvimento das atividades do Grupo, a diretoria conta com a colaboração dos orientadores.
A pessoa que vai trabalhar diretamente com as crianças é chamada de orientador (a). Dentro de cada uma das atividades que o GMC proporcionar, o (a) orientador (a) estará acompanhando e estimulando as crianças a participar, seja em reuniões, cultos, evangelismos, acampamentos, etc.

5.2 - Grupo Missionário de Juniores

O GMJr tem, em sua estrutura, departamentos divididos em equipes de trabalho. Para seu melhor desenvolvimento, sugere-se a criação dessas equipes para atuarem nas seguintes áreas:
Evangelização e Visitas - Organizar e cultivar os programas de evangelismo e realizar visitas aos juniores e familiares;
Louvor e Oração - Levar os juniores a um verdadeiro louvor e à prática da oração;
Recreação - Promover gincanas e competições esportivas;
Relações Públicas - Promover o GMJr na igreja e integrar os sócios;
Teatro e Coreografia - Desenvolver o espírito de equipe, oferecer condições para o despertamento de talentos e da autoconfiança.

6 - Atuação


6.1 - Em Nível Local

6.1.1 - Grupo Missionário de Crianças

De acordo com os níveis de ação, tem as seguintes atividades:
• Assistência social;
• Campanhas;
• Cultos infantis;
• Escola Bíblica de Férias (em cooperação com a Escola Bíblica Quadrangular);
• Evangelismo pessoal e em massa;
• Reuniões de treinamento e serviço para crianças;
• Serviço na igreja;
• Visitas a orfanatos.

6.1.2 - Grupo Missionário de Juniores

De acordo com os níveis de ação, tem as seguintes atividades:
• Assistência social;
• Campanhas;
• Cultos;
• Evangelismo;
• Intercâmbio;
• Reuniões;
• Serviço na igreja;
• Visitas.

6.2 - Atividades Externas

6.2.1 - Grupo Missionário de Crianças

Regional
• Acampamentos;
• Encontros de diretores e orientadores;
• Encontros infantis;
• Festivais.

6.2.1 - Grupo Missionário de Juniores

Regional
• Acampamentos;
• Encontros de diretorias;
• Festivais.

7 - Coordenadoria Regional

7.1 - Grupo Missionário de Crianças

A coordenadoria regional é o elo entre o GMC local e a coordenadoria estadual. É ela quem tem contato direto com os diretores do Grupo. Sua principal tarefa é motivá-los, reunindo-os para planejamento de metas e fornecer o máximo possível de ajuda para o trabalho.
O (A) coordenador (a) regional é indicado (a) pelo superintendente ou diretor de campo e credenciado (a) pelo (a) coordenador (a) nacional, em concordância com o (a) coordenador (a) estadual.
Seus deveres são: atender as convocações das coordenadorias estadual e nacional, tais como congressos e encontros; semestralmente, prestar relatório à coordenadoria estadual e ao superintendente ou diretor de campo e, mensalmente, enviar à coordenadoria estadual 50% das taxas enviadas pelos diretores locais da região, que é 10% da arrecadação do Grupo. Dentre suas funções estão: manter o cadastro de diretores de GMC da região; incentivar a organização do GMC nas igrejas da região; manter o contato com os pastores; promover encontros para diretores e conselheiros; treinar novos diretores nomeados pelos CDL's; promover reuniões bimestrais com os diretores do GMC da região para ministração sobre o ministério e vida com Deus, apresentação do programa de trabalho para o bimestre, cobrança de relatórios e taxas, compartilhamento de experiências; visitar os GMC's em aniversários, campanhas ou datas especiais; promover encontros de crianças na região, acampamentos e festivais de música.
É nomeado (a) anualmente, porém, a critério do superintendente ou diretor de campo, pode ter sua nomeação renovada.

7.2 - Grupo Missionário de Juniores

A coordenadoria regional é o elo entre o GMJr local e a coordenadoria estadual. É ela quem tem contato direto com os diretores do Grupo. Sua principal tarefa é motivá-los, reunindo-os para planejamento de metas e fornecer o máximo possível de ajuda para o trabalho.
O (A) coordenador (a) regional é indicado (a) pelo superintendente ou diretor de campo e credenciado (a) pelo (a) coordenador (a) nacional, em concordância com o coordenador (a) estadual (a).
Seus deveres são: atender as convocações das coordenadorias estadual e nacional, tais como congressos e encontros; semestralmente, prestar relatórios à coordenadoria estadual e ao superintendente ou diretor de campo e, mensalmente, enviar à coordenadoria estadual 50% das taxas enviadas pelos presidentes dos GMJr's locais, que é 10% da arrecadação do Grupo. Dentre suas funções estão: formar acervo de materiais para a coordenadoria regional, contendo todas as apostilas e programas de trabalho; manter o cadastro de presidentes dos GMJr's da região; incentivar a organização do GMJr nas igrejas, mantendo contato com os pastores; promover encontros para presidentes e assessores; treinar novos presidentes nomeados pelos CDL's; promover reuniões bimestrais com os presidentes locais para ministração espiritual, apresentação do programa de trabalho para o quadrimestre, cobrança de relatórios e taxas, compartilhamento de experiências e troca de idéias; visitar os GMJr's em aniversários, campanhas ou datas especiais; promover intercâmbio entre os GMJr's da região através de gincanas bíblicas e escolares, festivais de música e acampamentos.
É nomeado (a) anualmente, porém, a critério do superintendente ou diretor de campo, pode ter sua nomeação renovada.

8. Pagamento de Taxas

Tanto o GMC quanto o GMJr seguem as mesmas diretrizes para pagamento de taxas, como segue:
• O CMC e o GMJr locais enviam 10% de suas arrecadações mensais às coordenadorias regionais;
• As coordenadorias regionais do GMC e GMJr encaminham, às coordenadorias estaduais, respectivamente, 50% das taxas enviadas pelos Grupos locais da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário